Nas duas últimas lições aprendemos sobre o passado simples e sobre os verbos irregulares no passado simples. Hoje vamos aprender a forma negativa dos verbos no passado, ou seja, com dizemos “Eu não fui”, em vez de “Eu fui”, “Eu não estudei”, em vez de “Eu estudei”, e assim por diante. Porém, antes de estudar o passado negativo dos verbos, eu recomendo que você dê uma olhada na lição sobre o passado negativo do verbo to be,  pois é muito importante não confundir o passado negativo do verbo to be com o passado negativo dos verbos “normais”. Para esclarecer seus estudos ainda mais, também recomendo conferir a lição sobre a forma negativa dos verbos no presente.

DID NOT (DIDN’T)

Para “montar” o passado negativo, nós precisamos usar um verbo auxiliar. Por mais escabroso que o nome “verbo auxiliar” possa parecer, um verbo auxiliar não é nada mais do que uma palavra que “ajuda” outras palavras. No caso, o verbo auxiliar que usamos para formar o passado negativo é “did not”, ou simplesmente “didn’t” (forma contraída). Basta colocar esse verbo auxiliar na frente no verbo para formar a forma do passado negativo. Confuso? Vamos então observar alguns exemplos.

Passado
I worked in Japan.
Eu trabalhei no Japão.

Passado negativo
I did not work in Japan.
Eu não trabalhei no Japão.

Passado
We watched the game together.
Nós assistimos ao jogo juntos.

Passado negativo
We did not watch the game together.
Nós não assistimos ao jogo juntos.

Passado
I cleaned my car.
Eu limpei meu carro.

Passado negativo
I did not clean my car.
Eu não limpei meu carro.

Nos exemplos acima, observe a diferença entre os verbos do passado e no passado negativo:

worked <> did not work
watched <> did not watch
cleaned <> did not clean

Veja que como já usamos o “did not”, o verbo não muda (não adicionamos –ED no final). Isso é muito importante, pois é normal os estudantes escreverem “I did not worked”, sendo que o correto é “I did not work”. Para os verbos irregulares a regra é a mesma, eles mudam no passado, mas no passado negativo permanecem inalterados e adicionamos o “did not” na frente.

Passado
I broke my leg.
Eu quebrei minha perna.

Passado negativo
I did not break my leg.
Eu não quebrei minha perna.

Passado
The bird flew to the north.
O pássaro voou para o norte.

Passado negativo
The bird did not fly to the north.
O pássaro não voou para o norte.

Passado
He said “Hello, my friend”.
Ele disse “Olá, meu amigo”.

Passado negativo
He did not say “Hello, my friend”.
Ele não disse “Olá, meu amigo”.

Por fim, em todos os exemplos acima é possível usar a forma contraída de “did not”, que é “didn’t, o sentido é exatamente o mesmo!

Vídeo

O vídeo abaixo, gravado por um professor norte-americano, mostra como funciona o passado negativo. Aproveite para focar na pronúncia das palavras!

Se você gostou da nossa lição e do nosso site, não deixe de nos seguir no Twitter e de nos curtir no Facebook!

Receba 7 Dicas Gratuitas Para Turbinar Seus Estudos de Inglês
Cadastre-se no blog para receber diretamente no seu e-mail 7 dicas que vão mudar completamente a forma como você aprende inglês!